Food Time

Padaria S. Mamede: ei-la!

Por muito que “a gente” goste de almoçar ou jantar fora, a (triste, devassadora) verdade é que o dinheiro na carteira não estica o bastante para fazermos disso hábito. Afinal, não é propriamente barato e, normalmente, quanto melhor mais nós queremos comer, logo maior a conta no final do serão. É preciso pois pensar duas vezes e condensar essas saídas…

Enquanto assim for, para saciar a vontade, de uma forma muito mais acessível… a Padaria São Mamede, onde tomar o pequeno-almoço ou lanchar pode ser uma experiência saborosamente deliciosa. Porquê? Porque os seus responsáveis decidiram, em Janeiro deste ano, depois “do extraordinário sucesso da primeira publicação e das inúmeras mensagens de incentivo e oferta de ajuda”, dar início ao PROJETO VEGAN; iniciativa cuja evolução foi, então, sendo fervorosamente acompanhada pelos seguidores do facebook, veganos ou não.




Primeiro, vieram os vários tipos de pão: o pão de forma, o pão de mistura e o pão sem sal/integral, o pão d´avó e a regueifa, a broa de milho, as tostas bebé, o pão panela, o pão para cachorro e para hambúrguer; preparados “seguindo métodos tradicionais” apenas com farinha, fermento, água e sal, sem quaisquer corantes, conservantes ou aditivos.

Com eles? O merecido e certificado destaque pela Aliança Animal que os reconheceu pela coragem e ousadia, enquanto primeiros do setor a lutar e fazer por conseguir esta distinção.

Depois, já no primeiro dia de Fevereiro, saíram finalmente os prometidos e ansiosamente aguardados croissants vegan. Esses? Iguais, para não precisar de dizer melhores ainda, aos que nas outras padarias/pastelarias AINDA se comercializam. Em aspeto e, sobretudo, no que respeita ao sabor, superaram todas as nossas expectativas e supriram as necessidades que durante muito, demasiado, tempo vimos ignoradas e menosprezadas. 

Atualmente, a variedade já é maior: para além do pão e dos croissants (que entretanto foram apelidados como “vegassants”, após uma eleição seguida de votação e consequente premiação), temos ainda folhados de soja, folhados de alheira meia-lua e bolas de Berlim.


Oferta que, julgo eu e esperamos todos, venha e continue a aumentar. Pelo menos é com isso que contamos dado o inegável sucesso destes produtos livres de toda e qualquer crueldade animal. Foi criada, no dia 11 de Fevereiro, uma página para a sua divulgação e até do Veggie Vibes em Lisboa já fizeram parte. Enquanto continuam a trabalhar para a satisfação do consumidor, estão disponíveis para parcerias que garantam a sua revenda de forma a chegar a cada vez mais pessoas.

https://www.facebook.com/vegassant/

O melhor de tudo? Eles têm noção do quão bem estão a atuar, por nós e, acima de qualquer outra coisa, pelos animais.

“Foi, e é muito bom, sentir a satisfação dos nossos clientes. É isso que nos move! Só nos motiva mais a desenvolver novos produtos com o mesmo sabor dos “antigos”. Para nós vale tudo. Obrigado!”

OBRIGADA NÓS! DO FUNDO DO CORAÇÃO!

Localização: Avenida do Conde, 5898, São Mamede de Infesta, Porto
Horário: De segunda a sexta, das 06h00 às 19h00 e sábado até às 13h00
Contacto: 229 010 094

Também podes gostar!