Life Time

Operadora de caixa? Muito, extremamente, difícil…

  • Aqueles que tentam passar pelas caixas sem comprar nada só porque sim ou, às vezes, dizem eles, porque querem ou precisam de ir aquela loja ali em frente e fica mais perto
  • Aqueles que sempre dizem “vamos dar trabalho á menina para ela não ser despedida” como se fosse algo que eu ainda não soubesse
  • Aqueles que perguntam, com melhores ou menos dignas intenções, se “a menina está aberta” e ainda se acham muito engraçados e originais
  • Aqueles que ocupam o tapete com cinco sacas de cinco diferentes lojas para só levarem da nossa um único artigo
  • Aqueles que precisaram de experimentar tudo e mais alguma coisa, chegando-nos para registar já só o lixo do que comeram e beberam
  • Aqueles cujos dentes não gostam de mostrar seja em que momento for para quem quer que seja
  • Aqueles que, por seu próprio erro, precisam de esperar mas ainda se acham com razão para reclamar e nos stressar quando os outros clientes é que têm de esperar sem culpa nenhuma
  • Aqueles que experimentam três vezes o mesmo cartão, mudam de cartões e ainda tentam encontrar moedas na carteira para conseguir pagar a totalidade do valor
  • Aqueles que discutem entre si, e para todos, sobre quem vai pagar o quê e quanto
  • Aqueles que não compreendem que não te podes responsabilizar pelas suas coisas e te pedem ininterruptamente para as guardares enquanto vão só dar uma voltinha pelas outras lojas
  • Aqueles que entram na loja 5 minutos antes dela fechar com um carro dos grandes para fazer as compras do mês com todo o tempo do mundo
  • Aqueles que vêm a placa “caixa fechada” e zero clientes na fila mas tentam meter-se com a já conhecida “são só duas coisinhas, não pode facilitar?”
  • Aqueles que ainda estão na loja mais de meia hora depois de ela já ter fechado mas continuam a achar-se no total direito de reclamar e discutir por só haver meia dúzia de caixas abertas para eles

Não me interpretem mal. Todas as profissões, sobretudo as que enfrentam o público, têm o seu contraposto. Mas como atualmente esta é a minha é sobre ela que posso melhor falar. Sempre lembrando que mais do que vendedora, sou consumidora e, por isso, enquanto cliente esforço-me muito para evitar dar tantas dores de cabeça quantas as que preciso diariamente de me medicar contra…

Também podes gostar!