Vigílias: a pacificidade capaz de revolucionar o mundo

Quando decidi que não voltaria a comer, usar ou financiar o que quer que fosse advindo da exploração e sofrimento animal, soube também, quase que instantaneamente, que tal já não era mais o suficiente. Percebi que não chegava e que podia fazer muito para além disso. Comprometi-me a tentar trazer comigo, para esta luta pela …